POR QUE INVESTIR EM MARKETING DIGITAL?

Francene /// 25 de Março de 2019  /// 

A grande maioria das pessoas que ainda não sabe ou não entendeu como funciona o Marketing Digital e sua importância na atualidade.
Mas afinal, o que é Marketing Digital?

Marketing Digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca. Dentre as suas principais estratégias estão o SEO, Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo.

E é sobre o SEO (Search Engine Optimization), que poucos conhecem que vamos tratar nesse post hoje

Se você ainda tem dúvidas sobre ter um Site para sua empresa, veja nosso artigo sobre esse assunto e não perca mais tempo de fora da Globalização. 

SEO e Marketing Digital

Goste ou não, colocar em prática uma estratégia SEO ainda é uma abordagem pouco explorada e um tanto subestimada não só pelas empresas, mas também por agências de marketing digital.
Isso é até bastante compreensível, considerando que conquistar posicionamento no Google demanda muita dedicação e existem outras formas de aparecer no buscador rapidamente, como é o caso dos links patrocinados.
Se você está lendo este texto, porém, sabe que o SEO traz um potencial de longo prazo que não é acessível por outras formas, dado que os links patrocinados demandam investimento crescente em mídia e que também contam com pouca visibilidade dos usuários, que na maioria das vezes pulam os resultados pagos e vão direto aos orgânicos.
Diante disso, uma estratégia SEO pode ser a chave para sua empresa se colocar à frente da concorrência.
Vamos contextualizar um pouco o SEO, visto que normalmente ele acaba por ser secundarizado em relação à outras disciplinas e estratégias que o marketing digital oferece.
Certamente, você conhece várias outras formas de usar a internet a seu favor, para gerar visitas e leads.
Algumas mais famosas delas seriam:

Sites, blogs e landing pages;

Links patrocinados;

Email-marketing;

Redes sociais;

Automação de marketing;

SEO.

Vamos falar rapidamente sobre cada uma.

Sites, blogs e landing pages

Aqui falamos basicamente de ter o seu canal online. Ou seja, investir em criar um ponto de contato para receber as visitas de potenciais clientes.
Esse ponto de contato será onde sua empresa irá disponibilizar conteúdo, informações e formulários para seus usuários converterem.

Links patrocinados

A lógica da mídia paga envolve pagar um canal já consolidado (normalmente o Google e/ou Facebook) para disponibilizar seus anúncios.
Embora a mecânica seja um pouco diferente de acordo com o canal, a premissa é a mesma: você paga e aparece.
Na prática, a sua geração de visitas e leads irá depender dessa compra de autoridade, ou seja, de “alugar” a audiência que ferramentas como o Google e Facebook já possuem.

Email-marketing

O email é uma ferramenta por vezes subestimada, mas com potencial enorme se a sua empresa segmentar bem a base de emails e oferecer um bom conteúdo em cada ação.
Em todo caso, são ações que dependem da sua empresa já ter uma base de emails própria (nunca comprada). Esta lista de emails precisa ser qualificada e devidamente segmentada.
Feito da forma certa, o email pode funcionar tanto para relacionamento como para gerar vendas.

Redes sociais

As redes sociais possuem um grande potencial de engajamento, mas muitas empresas ainda tentam usar essas ferramentas como canais de aquisição de tráfego e leads.
O fato é que as pessoas usam redes como facebook, instagram, twitter e outras com o caráter primário de entretenimento e, a não ser que o seu produto esteja bem inserido dentro deste nicho, não é muito provável que o usuário interrompa sua experiência para ir conhecer o seu site.
Na prática, redes sociais devem ser mais orientadas a engajamento, e não a performance.

Automação de marketing

A automação, normalmente ancorada no disparo automático de emails, possui potencial similar ao email-marketing, mas traz consigo a possibilidade de automatizar ações, o que facilita principalmente rotinas de qualificação e relacionamento com leads.
Como no caso do email-marketing, são ações que podem ser focadas em relacionamento e vendas.

por_que_investir_em_marketing_digital_seo

SEO

As estratégias de posicionamento no Google, como você sabe, são orientadas à geração de tráfego.
De forma simplificada, garantir que a sua empresa apareça no buscador e trazer cliques de pessoas interessadas no seu conteúdo.

Então façamos um resumo:

EstratégiaObjetivo primário
Sites, blogs e landing pagesCriar presença
Links patrocinadosGerar visitas
Email-marketingVender/relacionar com a base
Redes sociaisGerar engajamento
Automação de marketingVender/relacionar com a base
SEOGerar visitas

Tiremos algumas conclusões rápidas, seguindo a descrição de cada disciplina e a tabela acima:

  • embora seja complexo, o objetivo primário do SEO é simples: gerar visitas;
  • depois da criação da presença (sites, blogs e landing pages), a sua premissa precisa ser ter visitantes;
  • ou seja, o SEO, na verdade, é uma estratégia que deve ser considerada desde o início, e não depois de começar a fazer ações como email-marketing e automação.

Por que investir em uma estratégia SEO?

Por mais que o retorno seja sempre incerto, quanto mais clareza tivermos, certamente maior será a dedicação e melhores serão os resultados.
A verdade é que, como você verá na descrição dos pilares, a premissa inicial do SEO é gerar acessos, mas o seu objetivo final é gerar vendas (assim como deve ser qualquer outra iniciativa de marketing).
Isso porque em uma boa rotina de posicionamento, serão abordadas táticas para gerar visitantes, para garantir o engajamento dos mesmos no site e para transformá-los em oportunidades de negócios.
Mas, voltando ao questionamento logo acima, sobre as outras formas de gerar visitas no site, podemos elencar algumas:

links patrocinados;

redes sociais;

email-marketing;

publicidade online (portais, mídia programática, etc);

mídias offline (tv, rádio, revista e outros);

participação em eventos;

ações outbound.

A questão aqui não é se o SEO seria mais importante. A questão é o porquê ele é importante. E detalhemos:

  • 85% dos usuários do Google não clicam em anúncios patrocinados (Search Engine Land);
  • 71% dos pesquisadores B2B iniciam sua busca com uma pesquisa genérica (Google);
  • 81% dos clientes realizam pesquisas online antes de fazer grandes compras (Google);
  • taxas de conversão são em média 10 vezes maiores na pesquisa orgânica do que em redes sociais. (GoDaddy 2016).

Se procurarmos, encontraremos ainda mais números que vão mostrar a importância de se investir em SEO.

No fim das contas, o que você precisa saber é que o investimento em SEO é crucial para uma empresa que deseja ter longevidade e resultados crescentes no seu marketing digital.
No próximo post falaremos então dos pilares que irão guiar a sua estratégia SEO.

Ainda não tem um Site para sua empresa? Fale conosco. Temos profissionais treinados à sua disposição.

Francene Arnaut

Francene Arnaut

Web designer. Tecnóloga da Informação formada pela ETEC.

Compartilhar no facebook
Facebook

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu